Sunday, December 02, 2007

Framento LX

Hoje acordei cheia de sofreguidão, baba e ranho. Senti-me mal. Sento-me na cama e dou comigo a pensar que alguma coisa não vai bem. Tenho a sensação de que sou visível. Suspeito mesmo que ando a ser seguida. Ergo as persianas. Faz-se luz. Vou ao armário. Não vejo nada. Debaixo da cama ninguém. É estranho. Qualquer dia sou apanhada e então há-de ser bonito! Já não sei onde me esconder. Ando a ser apalpada e não dou por nada. Não! As coisas, sei lá eu o quê, talvez seja eu, eu não estou bem comigo!

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home