Thursday, February 14, 2008

Fragmento XIX

Sinto-te presente,
sombra ou verso.
Nas minhas noites de mentira
sonho o teu sexo,
abismo escancarado de vertigem,
noivo triste em terra amena,
bravio como o mar do Norte
com odor de suor e limo agreste.

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home