Monday, October 22, 2007

Fragmento XV

Frágil e esquiva
como uma donzela
de outras eras
esvoaça na penumbra da sala
a tua lembrança,
Mãe!
As horas cobriram de prata e cinzas
o teu cabelo de oiro
mas não destruíram o encanto
virginal e casto da tua infância.
E em segredo no dedo
a aliança,
tu e eu permanecemos indiferentes
ao Tempo, séquito e carruagem
que à nossa porta batem,
pedem água e incautos seguem viagem.

http://ericblumrich.com/antiwar2.html

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home