Wednesday, March 19, 2008

Artur Bivar, em directo

Eu caro camarada, antes de te pedir um favor, preciso de te dizer quem sou. Sou um portuguez, nascido em Villa Viçosa, e baptizado na parochial egreja de S. Bartholomeu (em cujo dia anda o diabo à solta), - por um padre que se chamava Rocha Espanca, - circunstancias que pareciam já annunciar a minha futura missão de espancador de quantos diabos andassem à solta n'esse paiz. Assim o fiz até fevereiro de 1911, data em que fui preso por ter abanado os fundamentos da republica, recem-nascida, com um boato propalado n'um dos carros do Bom Jesus veneraveis precursores (que por signal pouco corriam) dos electricos em que ainda não puz a vista, para não dizer outra coisa.
Sou monarchico, unicamente por não poder ser republicano, com semilhante republica.
Echos do Minho, 5 de Janeiro de 1919.

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home