Friday, June 13, 2008

Fragmento CVVIIII

Andam por aí alguns extremistas de memória curta e língua comprida a pregarem que só ao Estado pertence o direito legítimo da violência. Não o entende assim o povo que quando sente que o esbofeteiam não oferece a outra face mas repõe um direito mais antigo que algumas circunstâncias justificam: "olho por olho, dente por dente".
Haja bom senso na Res Publica!

Leonardo Ventura, Memórias da I República Democrática

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home