Tuesday, May 27, 2008

Fragmento XCVII

Gostava de saber como será o nosso próximo encontro. Não vou dizer nada de especial.Mandarei vir uma laranjada e pedirei ao empregado do café que te diga que preciso de um chocolate. Será que mo ofereces?
Talvez não. Talvez regateies. Talvez digas: "Não sei se tenho dinheiro". Ou então algo mais elegante e primaveril: "Sabes, o chocolate faz dor de barriga e além disso estraga a pele que fica cheia de borbolhinhas. Eu vou rir-me imenso e dir-te-ei: "Querido, o que foi que aconteceu? Hoje, acordaste cheio de espírito.
Aliás não vou. Sempre é melhor do que apanhar frio ou um escaldão. Depois quem sabe? Receio muito que os deuses nesse dia preguem alguma partida, façam espirrar pregos e canivetes e eu te dê um murro no estômago e tu vomites muito depressa a verdade:
- Abracadabra, shef tassibilium, cuzcuz metziz, merrassim, altabaliz, etc e tal.

- Tal e qual!

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home