Wednesday, April 09, 2008

Colecta Literária* 3 (Leão Tolstoi)

No mês de Junho, ao voltar para casa, atravessou de novo a floresta das bétulas. Os guizos dos cavalos ouviam-se aí mais surdamente do que seis semanas antes. Tudo estava espesso, copado, sombrio. (...)
O dia estava quente, havia tempestade no ar; uma pequena nuvem negra regou o pó do caminho e a erva do fosso: o lado esquerdo do bosque continuava na sombra, o lado direito, apenas agitado pelo vento, cintilava todo molhado ao sol: tudo florescia e, de perto e de longe, os rouxinóis gorgeavam.
"Parece-me que havia aqui um carvalho que me compreendia", disse consigo o príncipe André, olhando para a esquerda e atraído contra vontade pela beleza da árvore que procurava. O velho carvalho transformado estendia-se numa cúpula de verdura carregada, luxuriante, desabrochada, que se baloiçava, sob o sopro de uma ligeira brisa, aos raios do sol poente. Não se viam já ramos recurvados, nem contusões: não havia já na sua aparência nem amarga desconfiança, nem sombrio pesar, nada mais do que as folhas novas cheias de seiva que haviam furado uma casca secular, e perguntávamo-nos com surpresa se fora aquele patriarca que lhes dera a vida!
"Sim , é ele!" exlamou o príncipe André, e sentiu o coração inundado de alegria intensa que lhe traziam a Primavera e aquela vida nova. As recordações mais íntimas, as mais queridas da sua existência, deslizaram diante de si. (...)
Muitas vezes, passeava no gabinete, com as mãos cruzadas atrás das costas, sorrindo às suas visões confusas e desconexas, a Pedro, à jovem da janela, ao carvalho, à glória, à beleza da mulher, ao amor que faltara à sua vida!
Guerra e Paz, Ed. Minerva

8 Comments:

Blogger RAA said...

Quem é o tradutor da edição Minerva?
Eu tenho a da Inquérito, traduzida pelo José Marinho.

2:13 PM  
Blogger estrelicia esse said...

O tradutor chamava-se Garibaldi Falcão. Por curiosidade procurei informações na net. Ao que parece era um jornalista que trabalhou na redacção de "A Capital" por volta de 1915. Não sei se era pseudónimo (é possível) e não sei também se o seu verdeiro nome não seria Reinaldo Ferreira, o célebre Repórter X. Gostaria de confirmar. Se souber alguma coisa diga.

1:24 AM  
Blogger RAA said...

Deve ser o José Garibaldi Viegas Falcão, nascido no Fundão, em 1864, fal. em Lisboa aos 80 -- diz-me o Dicionário Cronológico de Autores Portugueses, dirigido por Eugénio Lisboa. Não há relação com o Reinaldo Ferreira (1897-1935).

11:49 AM  
Blogger estrelicia esse said...

Pois não. Se eu tivesse ido directamente à PORBASE teria encontrado a referência correcta. Num blogue qualquer li que Reinaldo Ferreira teria escrito o romance "A Casa Misteriosa" usando o pseudónimo Garibaldi Falcão. Treta! Não sei onde é que o bloguista foi buscar tal coisa. Afinal foi Conan Doyle que escreveu esse romance policial, editado pela Empresa Literária Universal, em 1935, sem referência de tradutor. (Informação PORBASE). Enfim, todo o cuidado é pouco. Lamento se lhei causei algum incómodo com a questão.

1:35 AM  
Blogger RAA said...

Nenhum, nenhum, Estrelícia, foi um prazer.

2:55 PM  
Blogger estrelicia esse said...

Não posso dizer o mesmo. Pela parte que me toca, os descuidos e os enganos foram mais que demasiados. Corrijo: foi Conan Doyle quem escreveu...

3:20 AM  
Blogger Fábio Silva said...

Bom dia.

Gostou desta edição da Minerva? É que estava tentado a comprar, mas gostava de ter uma opinião alheia antes de efectuar a compra - depois de alguma pesquisa, passei pelo seu blogue e encontrei este post. Gostou da tradução? Aconselha?

Desde já o meu obrigado.

1:33 AM  
Blogger boss ferreira monteiro said...

Quanto a Garibaldi Falcão, faleceu em 1944 a poucas décadas dos 100 anos, e ele trabalhava na redacção do jornal em que Reinaldo Ferreira/Repórter X se estreou ainda nos anos de 1910, por isso há uma relação entre ambos, sim, embora essa do pseudónimo seja um disparate. Quanto à "Casa Misteriosa" não posso confirmar quanto a ser tradução de Conan Doyle (o título é tão genérico que pode nem ser o mesmo livro, teria de o ler para confirmar, mas existe este "A CASA MISTERIOSA OU A PUPILA DO BANDIDO" atribuído a "JOSÉ GARIBALDI VIEGAS FALCÃO" aqui http://porbase.bnportugal.pt/ipac20/ipac.jsp?session=1S77519G175D6.11058&profile=porbase&uri=link=3100027~!8129609~!3100024~!3100022&aspect=basic_search&menu=search&ri=1&source=~!bnp&term=A+casa+Misteriosa+ou+a+pupila+do+bandido&index=ALTITLE

3:09 PM  

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home