Thursday, April 03, 2008

Fragmento XXXIV

Os Portugueses têm medo?
Pois, D. Sebastião dizia que não tinha. Contra tudo e todos foi para o Norte de Àfrica e se ainda não anda em peregrinação pelo mundo por lá ficou. Os portugueses é que nunca mais lhe puseram a vista em cima. Pelo menos com vida, diz-se.
Conta-se também que D. Sebastião perguntou uma vez ao duque de Alba se sabia de que cor era o medo. Respondeu-lhe o velho general da outra banda da Ibéria que o medo tinha a cor da prudência.
D. Sebastião não lhe deu importância. Era jovem,impetuoso e cheio de bazófia e medo partiu. O resto da narrativa todos conhecem.
Moral da história: quando temos medo devemos ser prudentes e não fugir para a frente como fez D. Sebastião.

Joana Papa-Léguas, Historietas de encantar e outras fábulas

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home